OMS alerta para nova onda de Covid-19 na Europa e diz que situação é semelhante a 2021

Aumento de infecções estaria sendo impulsionado por sublinhagens da variante Ômicron

OMS alerta para nova onda de Covid-19 na Europa e diz que situação é semelhante a 2021 

Por conta do aumento exponencial do número de infecções por Covid-19, que triplicou nas últimas seis semanas na Europa, a Organização Mundial da Saúde (OMS) fez um alerta nesta terça-feira para a chegada de uma nova onda da doença na região. Segundo o diretor regional da OMS para a Europa, Hans Kluge, a situação é semelhante àquela registrada no verão europeu de 2021. 

Conforme a OMS, serão um outono e inverno “difíceis” devido ao aumento de casos de Covid-19 e ao relaxamento das medidas de vigilância. A agência convocou os países a “resolver urgentemente as lacunas no monitoramento e resposta à pandemia para evitar mortes evitáveis”.

Conforme Kluge, a nova onda de Covid-19 está sendo impulsionada por sublinhagens da variante ômicron. A OMS também pediu a implementação de uma estratégia de covid-19 durante esta temporada “para ajudar a se preparar para as próximas ondas de infecção”. “Esperar para agir no outono será tarde demais”, enfatizou o especialista.

De acordo com Kluge, as taxas de hospitalização dobraram nas últimas seis semanas, as internações em unidades de terapia intensiva (UTI) “até agora permaneceram relativamente baixas”. No entanto, cerca de 3 mil pessoas ainda morrem de Covid-19 na Europa todas as semanas. 

Fonte: Correio do Povo