INSS muda regras do pedido do auxílio-doença

A medida busca agilizar a fila da perícia médica

INSS muda as regras para o pedido de auxílio-doença. Agora, quem tem a concessão negada vai precisar esperar 30 dias para solicitar o benefício novamente. Mas quem tiver um fato novo, como piora no quadro de saúde ou novos exames ou comprovantes da incapacidade para o trabalho, tem direito de fazer uma reavaliação antes de um mês.

Outra mudança é que o novo exame pode ser feito pelo mesmo perito que negou o benefício da primeira vez. Antes, o segurado podia agendar nova perícia a qualquer momento e o atendimento tinha de ser feito por um médico diferente.

Segundo o INSS, a intenção é agilizar a fila de perícias, evitando que o mesmo trabalhador passe pelo exame várias vezes seguidas e tire, assim, a oportunidade de quem espera o primeiro atendimento.

Fonte: Assessoria/Previdência