Porque o laço vermelho como símbolo da luta contra a AIDS

 

O laço vermelho é visto como símbolo de solidariedade e de comprometimento na luta contra a AIDS. O projeto do laço foi criado, em 1991, pela Visual Aids, grupo de profissionais de arte, de New York, que queriam homenagear amigos e colegas que haviam morrido ou estavam morrendo de AIDS.

O Visual Aids tem como objetivos conscientizar as pessoas para a transmissão do HIV/AIDS, divulgar as necessidades dos que vivem com HIV/aids e angariar fundos para promover a prestação de serviços e pesquisas.

O laço vermelho foi escolhido por causa de sua ligação ao sangue e à idéia de paixão, afirma Frank Moore, do grupo Visual Aids, e foi inspirado no laço amarelo que honrava os soldados americanos da Guerra do Golfo.

Foi usado publicamente, pela primeira vez, pelo ator Jeremy Irons, na cerimônia de entrega do prêmio Tony Awards, em 1991. Ele se tornou símbolo popular entre as celebridades nas cerimônias de entrega de outros prêmios e virou moda. Por causa de sua popularidade, alguns ativistas ficaram preocupados com a possibilidade de o laço se tornar apenas um instrumento de marketing e perdesse sua força, seu significado. Entretanto, a imagem do laço continua sendo um forte símbolo na luta contra a aids, reforçando a necessidade de ações e pesquisas sobre a epidemia.

Hoje em dia, o espírito da solidariedade está se espalhando e vem criando mais significados para o uso do laço.

Inspirados no laço vermelho:

Laço Amarelo
Conscientização dos direitos humanos dos refugiados de guerra;
Conscientização nos movimentos de igualdade;
Conscientização e prevenção do suicídio.

Laço Azul Claro
Conscientização do abuso infantil.

Laço Azul Escuro
Conscientização dos direitos das vítimas de crimes;
Conscientização do tráfico de pessoas e da escravidão sexual;
Campanha do livre discurso na internet.

Laço Branco
Adoção;
Segurança de parto e maternidade;
Fim da violência dos homens sobre as mulheres.

Laço Dourado
Conscientização do câncer infantil.

Laço Jade
Conscientização da hepatite B e câncer de fígado.

Laço Laranja
Conscientização da proteção animal e oposição à crueldade contra animais;
Conscientização da tolerância racial e diversidade cultural;
Conscientização da leucemia.

Laço Lilás
Símbolo a luta das vítimas contra a violência urbana.

Laço Marrom
Conscientização contra o tabaco.

Laço Preto
Luto. Em memória.

Laço Rosa
Símbolo da luta contra o câncer de mama.

Laço Roxo
Conscientização da violência contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e trangêneros (LGBT);
Campanha contra a homofobia;
Conscientização da violência doméstica.

Laço Verde
Preservação ambiental.

Laço Vermelho
Símbolo da luta contra a AIDS;
Conscientização das doenças cardíacas;
Conscientização do abuso de álcool e drogas.

 

Além da versão oficial, existem outras versões sobre sua origem. Uma delas diz que os ativistas americanos passaram a usar o laço com o “V” de Vitória invertido, na esperança de que um dia, com o surgimento da cura, ele poderia voltar para a posição correta. Outra versão tem origem na Irlanda. Segundo ela, as mulheres dos marinheiros daquele país colocavam laços vermelhos na frente das casas quando os maridos morriam em combate.

Com todas essas variações, o mais importante é perceber que todas essas causas são igualmente importantes para a humanidade.

Fonte: GIV