Justiça determina reintegração de Servidora do Coren/BA

Após ser julgada improcedente no primeiro grau, a assessoria juridica do Sindicato da Bahia, recorreu da decisão junto ao Tribunal Regional do Trabalho que reformou a decisão, para declarar a nulidade do ato de desligamento. Após a publicação do acórdão, a servidora apresentou-se ao Conselho e voltou às atividades.

Fonte: Sinsercon/BA