CRESS/RS – Servidores se unem, paralisam e conseguem 19,86% de reajuste

A Paralisação dos servidores foi fundamental para o fechamento do act  2014/2015 junto ao Conselho Regional de Serviço Social.  O não avanço  nas negociações, por resistência da Diretoria, teve uma reviravolta, após a paralisação de um dia por parte dos servidores.

Cansados de serem colocados em segundo plano pelas gestões anteriores, a negociação deste ano seguiu um rumo diferente, já que os servidores estavam, desde o início dispostos a entrar em greve, caso a diretoria não atendesse as suas reivindicações, o que não se fez necessário, já que a atual gestão entende que  a valorização do servidor é fundamental.

O Próximo passo será a elaboração do PPCR.