CREA/RS – JÁ COMEÇAMOS O ANO DE 2017 DE OLHO NO CONSELHO

Nós do SINSERCON/RS informamos que dia 03/03/17 às 14:30 , estivemos reunidos com alguns servidores ligados diretamente à diretoria do CREA/RS, Dr. Fernando Schiafinno, assessor jurídico  do conselho, representantes da Cipa e Afcrea. Representando o Sindicato participaram o  Dr. Rômulo Escouto, assessor jurídico e as  diretoras Giane Silveira e Juliana dos Anjos. A reunião teve como pauta a questão pendente desde 2014 em relação do ar condicionado central que está com defeito desde então.

Soubemos  que o prédio retém muito calor em função do numero de vidraças que dispõe  em torno de toda a estrutura.

A temperatura dos últimos meses só piora e  a sensação térmica dentro do prédio é maior, sendo inviável a permanência do  funcionários em tempo integral nas dependências do Conselho!

Na parte da manhã é mais suportável porque ainda o sol não é tão forte, mas com o passar das horas vai ficando insuportável!

Nossa  diretora foi ao prédio verificar a situação  e encontrou  funcionários na rua tomando um ar, com toalhas de  rosto para enxugarem o suor.

Este problema teve origem na gestão passada, quando o ar condicionado estragou pela primeira vez e de lá pra cá só reparos paliativos foram realizados  para amenizar o calor, mas sem solução definitiva. De acordo com as explicações de alguns  representantes,  um trabalho   está sendo feito junto a manutenção e também de técnicos que estão tentando resolver a questão. Segundo informação ainda há necessidade de licitação para que seja efetivamente saneado o problema de vez.

Nós do sindicato tentamos de alguma forma, extrair desta reunião um prazo estimado para a resolução definitiva do caso, mas não tivemos uma data precisa. O prazo informado seria meados de outubro do corrente ano.

Até lá entendemos e levamos a proposta à reunião de que os funcionários devem prestar atendimento somente pelo período das 8hs as 14hs, sem prejuízo de seus salários, uma vez que as condições adequadas de trabalho ao servidor  deve ser assegurado pelo empregador.

A manifestação em relação a esta ideia do sindicato, segundo os que ali estavam, já  ocorre de maneira parcial, ou seja, nos andares onde é medida a temperatura (feito através da CIPA) e constatado calor elevado, os funcionários são dispensados!

Alegamos que este tipo de procedimento deixa os funcionários estressados, pois não tem previsibilidade de como será seu dia de trabalho. Foi falado pelos colegas da AFCREA  que muitos se sentem mal, com pressão baixa e que os que ficam sentem-se sobrecarregados de trabalho, o que reforça a nossa tese de que unificar o horário de atendimento seria mais justo!

Para tanto também lançamos a possibilidade de que o Conselho divulgue à sua categoria, no site,  os setores que efetivamente estarão com horários reduzidos para melhor atendimento e melhor desempenho dos funcionários. Isto faria com que o Conselho que preza pela segurança dos prédios da nossa cidade, possa também cuidar melhor do seu ambiente laboral, o que foi de pronto acenado como sendo uma possibilidade bem possível de ser realizada!

Assim sendo, esperamos que as providências  sejam adotadas até que de fato seja resolvido definitivamente este problema.

E por fim estaremos de olho e esperando que os nossos colegas nos informem se a situação teve ou não algum andamento positivo.

ESTAMOS DE OLHO NO CREA/RS …..

Texto: Giane